Pesquisar este blog

PARQUE LINHARES

PARQUE LINHARES
FORROZÃO E VAQUEJADA SÁBADO DIA 11 DE AGOSTO NO PARQUE LINHARES EM HIDROLÂNDIA-CE

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Quiterianópolis (CE): Chacina deixa quatro vítimas, todas de uma mesma família

Uma mulher chegou a ser socorrida para a Santa Casa de Sobral, mas morreu pouco tempo após chegar à unidade de saúde. 

Morreu no início da tarde deste sábado (14), a quarta pessoa vítima da chacina ocorrida em Quiterianópolis, no interior do Ceará, nesta manhã. As quatro, todos da mesma família – mãe, dois irmãos gêmeos e um tio dos jovens - estavam em um sítio na zona rural do município, quando foram abordados por homens armados que chegaram ao local em um veículo. Os criminosos efetuaram diversos disparos contra as vítimas. 

Três morreram no local. A mãe dos gêmeos chegou a ser socorrida para a Santa Casa de Misericórdia em Sobral, no Norte do Estado, mas não resistiu e morreu pouco tempo depois de chegar à unidade de saúde. A polícia ainda não sabe a motivação dos crimes. 
Quatro pessoas da mesma família foram assassinados no Ceará. (Foto: Fotos de Wilrismar Holanda)
Essa é a sétima chacina ocorrida no Ceará no primeiro semestre de 2018. A penúltima foi na sexta-feira (13) quando cinco pessoas foram assassinadas na comunidade de Cafundó, na cidade de Palmácia. Os corpos foram achados em um matagal, com as mãos atadas nas costas e marcas de tiros na cabeça. Quatro suspeitos desse crime foram presos. 

Investigações 

Equipes das polícias Militar e Civil da região foram acionadas e realizaram buscas no local. Os suspeitos fugiram e até a tarde deste sábado ninguém havia sido preso. 

O caso foi encaminhado para a Delegacia Regional de Tauá, que está investigando o crime. A polícia não informou a motivação do crime, mas afirmou que não há relação entre a chacina de Palmácia e a que ocorreu em Quiterianópolis, nesta manhã. 

A Polícia Civil pede a colaboração da população na identificação dos autores das mortes em Quiterianópolis. Informações podem ser passadas através do números 181 - o Disque Denúncia da SSPDS ou (88) 3437-1888, da Delegacia de Polícia de Quiterianópolis. 

Fonte: G1

Palmácia (CE): 5 homens são amarrados e executados na zona rural


Cinco homens foram assassinados na manhã desta sexta-feira (13), na localidade Cafundó, no município de Palmácia, a 71,9 km de Fortaleza, segundo fontes policiais à TV Diário. O delegado regional de Baturité, Joel Moraes, está no local e um inspetor da delegacia confirmou a chacina, que já teve o número de óbitos confirmado pela polícia. 


Segundo familiares ouvidos pela reportagem, as vítimas, juntamente com outras duas pessoas, estavam em uma residência na região serrana de Cafundó, quando alguns homens chegaram em um veículo e se identificaram como policiais. Eles alegaram que queriam conversar com os cinco executados e os retiraram da casa. Na sequência, os suspeitos levaram as vítimas para um lugar mais afastado. 

Conforme a polícia, as cinco vítimas foram amarradas pelo braço e executadas com disparos de arma de fogo. Há indícios, ainda, que os homens teriam sofrido golpes de foice dos suspeitos. Segundo informações preliminares, todas as vítimas eram agricultores, incluindo um pai e um filho. Alguns também trabalhavam como segurança na região. 

Uma equipe da Divisão de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP) foi encaminhada para a região para investigar o crime que teria ligação com roubo de gado. A reportagem solicitou ainda esta manhã mais detalhes da chacina à Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que ainda não se pronunciou. 

Sexta chacina no CE em 2018 

Com os assassinatos ocorridos em Palmácia, chega a seis o número de chacinas registradas no Ceará neste ano de 2018. A primeira delas ocorreu na localidade remota da Serra Pelada, em Maranguape, no dia 7 de janeiro. Na ocasião, quatro pessoas foram executadas em uma residência por volta de 23h. Os corpos só foram encontrados no dia seguinte. 

Pouco tempo depois, no dia 27 de janeiro, no bairro Cajazeiras, em Fortaleza, quando três carros com homens fortemente armados chegaram ao popular "Forró do Gago" e abriram fogo. Ao todo, 14 pessoas morreram na ação criminosa, que até hoje é a maior chacina já registrada no Estado. 

Dois dias depois da ocorrência no bairro Cajazeiras, no dia 29 de janeiro, dez presos foram assassinados em uma rebelião na Cadeia Pública de Itapajé, em uma nova chacina que desencadeou uma crise na segurança pública do Estado. Na ocasião, uma rebelião começou por volta de 8h, quando teve início o banho de sol. Armados com facas e revólveres, presos ligados a uma facção criminosa partiram para cima de outros, culminando na série de assassinatos. 

Já no dia 9 de março, sete pessoas foram mortas e outras quatro ficaram feridas em uma chacina no Bairro Benfica, em Fortaleza. Os homicídios ocorreram em três locais diferentes do bairro: na Praça da Gentilândia, na Vila Demétrio e na Rua Joaquim Magalhães, quase esquina com a Rua Major Facundo. 

Na ocasião, diversos membros da diretoria da Torcida Uniformizada do Fortaleza (TUF) acabaram falecendo. Por fim, no dia 28 de junho, três mulheres e um homem foram assassinados a tiros em uma chacina ocorrida no Assentamento Irmã Tereza, no bairro Conjunto Esperança, localizado no município de Quixeramobim, distante 206 km de Fortaleza. Segundo a PM, as vítimas estavam em um barraco quando foram surpreendidas e executadas por um grupo de homens armados de pistola. 

Fonte: Diário do Nordeste

Ipu (CE): Prefeitura faz manutenção no calçamento em várias ruas da cidade

Visando a melhoria do tráfego na cidade, principalmente neste período pós chuvoso, a Prefeitura de Ipu, através da Secretaria da Infraestrutura, equipe coordenada pelo atuante Carlos Moreira, realiza a manutenção da pavimentação em pedra tosca em ruas da sede do município. 

Dessa forma, os serviços de infraestrutura da cidade seguem garantindo a seguridade das pessoas no tráfego de pedestres e veículos nessas ruas, gerando assim, mais segurança e fluidez no trânsito.

Mais detalhes sobre os serviços no vídeo abaixo, com o coordenador dos serviços, o senhor Carlos Moreira .


sexta-feira, 13 de julho de 2018

NOVA RUSSAS :DR RAFAEL PEDROSA RECEBE O TÍTULO DE MELHOR PREFEITO DO CEARÁ ACOMPANHE O VÍDEO

ACOMPANHE O VÍDEO PUBLICADO NO FACEBOOK DO PREFEITO DR RAFAEL PEDROSA

MISS FRANÇA 2017, ALICIA AYLIES É APONTADA COMO AFFAIR DE MBAPPÉ, ESTRELA DA SELEÇÃO

Nem só de futebol (e dos bons) vive a estrela dos gramados Kylian Mbappé. O craque da seleção francesa, que chega à final da Copa do Mundo com a possibilidade de ser campeão aos 19 anos e ainda faturar o Troféu Bola de Ouro, viveria um affair com Alicia Aylies, Miss França 2017.
Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa

Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram

A jovem até deu um pulinho na Rússia para acompanhar o jogo das Quartas de Final entre França e Argentina. Alicia assistiu à partida ao lado de outra Miss França, a de 2007, Rachel Legrain-Trapani, casada com o jogador Benjamin Pavard, colega de Mbappé na seleção.


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram

Os dois ainda não foram fotografados juntos, mas para se ter ideia, Alicia passou a seguir recentemente Bruna Marquezine, namorada de Neymar, que é um dos jogadores mais chegados de Mbappé no Paris Saint-Germain, onde atuam.


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram

A miss é estudante de Direito, nasceu na Martinica e até os 16 anos foi uma promissora atleta de Esgrima. Seu reinado durou pouco, já que os concursos de miss pelo mundo se adiantaram em razão da Copa. O último jogo ela assistiu em Paris. Resta saber, se a bela, comparada à cantora Rihanna, irá até Moscou para a grande final.


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram


Neymar e Mbappé são companheiros no PSG Foto: reprodução/instagram


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: 
reprodução/instagram


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram


Alicia Aylies, a Miss França 2017, que fisgou Mbappé, a estrela da seleção francesa Foto: reprodução/instagram

Fonte:EXTRA

Balão 'bebê Trump' é usado em protesto contra a visita do presidente americano a Londres

A primeira visita do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ao Reino Unido motiva protestos nesta sexta-feira (13), em Londres. Manifestantes usaram um balão inflável gigante que representa Trump como um bebê nesta manhã na frente do parlamento britânico. O balão de seis metros é laranja, tem braços curtos, um topete e está de fralda.

Bebê inflável é uma crítica ao jeito Trump de governar

Mulheres participaram da marcha "Stop Trump" com cartazes com críticas contra o sexismo. Mais de 50 mil pessoas se inscreveram para particiar da manifestação. O número de presentes ainda não foi divulgado oficialmente. Cerca de cinco mil pessoas, segundo estimativa da CNN, participavam de atos públicos no início da tarde no horário local.

Marcha feminina de 'Stop Trump' passa por ruas de Londres nesta sexta-feira (13) (Foto: Jeff Schaeffer/AP)

Para evitar protestos, os principais eventos da agenda serão fora de Londres. Nesta manhã, o presidente americano se reuniu com a premiê britânica, Theresa May, na casa de campo dela, em Chequers. Porém, mais tarde, ele se encontrará com a rainha Elizabeth II no castelo de Windsor.

Ainda nesta sexta, ele e Melania viajarão à Escócia para uma visita privada, na qual espera-se que compareçam aos empreendimentos de golfe que Trump tem na região.

Manifestantes protestam nesta sexta-feira (13) em Londres contra a visita de Donald Trump ao Reino Unido (Foto: Tim Ireland/AP Photo)

Balão polêmico

O prefeito de Londres, Sadiq Khan, defendeu sua decisão de autorizar o uso do balão inflável na manifestação desta sexta em entrevista à "BBC Rádio 4". "O senhor pode imaginar se limitássemos a liberdade de expressão porque alguém pode se sentir ofendido?", indagou o prefeito, que é do partido trabalhista.

Trump visita o Reino Unido pela primeira vez, distribui alfinetadas e enfrenta protestos

Ele lembrou que o Reino Unido tem "uma rica história" de direito ao protesto e como prefeito "não deveria ser o árbitro do que é de bom ou mau gosto".

Manifestantes se reúnem em torno do ‘bebê Trump’ nesta sexta-feira (13) em frente à praça do Parlamento, em Londres (Foto: Peter Nicholls/ Reuters)

Em novembro de 2017, Sadiq Khan, que é muçulmano e de origem paquistanesa, chegou a pedir à premiê Theresa May que suspendesse qualquer convite para Trump visitar o Reino Unido depois que o presidente americano ter retuitado vídeos anti-islâmicos de um grupo britânico de extrema direita.

Em uma entrevista ao jornal "The Sun" divulgada nesta sexta, Trump criticou os planos de Theresa May para o Brexit, dizendo que "provavelmente pode matar" um acordo de livre-comércio entre o Reino Unido e os Estados Unidos, e acusou o prefeito Sadiq Khan de ter feito um trabalho "terrível" contra o terrorismo, em uma referência, sem a menção direta, aos atentados de 2017.

Primeira visita oficial

Acompanhado da primeira-dama, Melania Trump, o presidente chegou na quinta-feira (12) a Londres. À noite, eles jantaram com Theresa May e um grupo de empresários na mansão campestre de Blenheim, onde nasceu o ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill, uma figura muita admirada pelo presidente dos EUA.

A primeira-ministra britânica Theresa May e o presidente dos EUA, Donald Trump, recebem convidados para jantar de gala no Blenheim Palace, em Oxford, na Inglaterra, na quinta-feira (12) (Foto: Reuters/Hannah McKay)

FONTE:G1/MUNDO

Zagueiros da França, Umtiti e Varane só jogaram 12 partidas juntos

Moscou-Frequentemente o futebol oferece exemplos que se não desconstroem, ao menos relativizam algumas máximas do esporte. Uma delas diz que o entrosamento, especialmente entre zagueiros, é fundamental para um bom sistema defensivo. Raphael Varane e Samuel Umtiti estão aí para mostrar que nem sempre a dupla de zaga com pouca rodagem significa uma fraqueza para o adversário explorar.

Domingo, se nada de errado acontecer, os dois serão titulares da França na partida contra a Croácia. Disputarão apenas o 13º jogo juntos e o número de sorte de Zagallo pode também ser o da felicidade da dupla, caso entrem para a história como campeões mundiais. Umtiti admite que os dois ainda tiveram “resenhas” antes e durante as partidas para acertar questões de posicionamento.
Resultado de imagem para Zagueiros da França, Umtiti e Varane
— Conversamos muito. Não preciso nem dizer, todos nós sabemos da qualidade que o Varane tem. Procuramos nos adaptar um ao outro. Estamos felizes com o trabalho. Lloris (goleiro) também está fazendo uma grande Copa do Mundo — destacou Umtiti.

Para se ter uma ideia, do outro lado, a dupla croata — Lovren e Vida — possui 27 partidas. Outra parceria de sucesso nesta Copa do Mundo, formada por Thiago Silva e Miranda, chegou 20º jogo lado a lado diante da Bélgica. Mas nada se compara aos uruguaios, companheiros também no espanhol Atlético de Madrid. Giménez e Godín somam 139 partidas juntos.

'Rivalidade' no Campeonato Espanhol
Imagem relacionada
Além do contato na seleção da França, Umtiti e Varane ainda não tiveram a chance de experimentar um nível de entrosamento ainda maior. Pelo contrário. Desde que Umtiti se transferiu para o Barcelona, a dupla fica em lados opostos no que é, provavelmente, o maior clássico do futebol mundial.

Varane está no Real Madrid desde 2011. Na primeira partida que fizeram lado a lado pela seleção, em 2016, Umtiti tinha poucos meses no clube da Catalunha.

Um contra o outro, foram apenas três partidas, com duas vitórias de Varane e um empate. Mas isso pouco importante no momento. Até domingo, eles só se preocupam em trazer o título mundial para a França.

— Precisamos defender bem na partida. É o que nós gostamos de fazer. Temos uma partida muito complicada no domingo e vamos fazer de tudo para conquistar o título — ressaltou Umtiti.

FONTE:EXTRA/COPA DO MUNDO NA RÚSSIA 2018

Fortaleza é a capital com 2ª maior perda de leitos do SUS em 8 anos

Em oito anos, Fortaleza foi a capital com a segunda maior perda de leitos do Sistema Único de Saúde (SUS). São 904 leitos a menos, quando passou de 6.096, em 2010, para 5.192, em 2018. O número é inferior somente à capital paulista, onde 4.095 leitos foram desativados. Em todo o país, foram desativados 34,2 mil leitos de internação na rede pública.

Das 27 capitais brasileiras – incluindo o Distrito Federal – 18 perderam leitos nos últimos oito anos. Os números, divulgados nesta quinta-feira (12), foram apurados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

Estados

A pesquisa mostra que em 22 estados houve "fechamento" de leitos. No Ceará, em oito anos foram desativados 920 leitos SUS. Em 2010, o estado possuía 14.775 leitos para atendimento público, número que caiu para 13.855, em 2018.

No estado do Rio de Janeiro, por exemplo, 9.569 mil leitos foram desativados desde 2010. Na sequência, aparece São Paulo (-7.325 leitos) e Minas Gerais (-4.244).

Na outra ponta, apenas cinco estados tiveram evolução positiva no cálculo de leitos do SUS: Rondônia (629), Mato Grosso (473), Tocantins (231), Roraima (199) e Amapá (103).

Leitos de Internação

O relatório mostra ainda que a cada dia cerca de 12 leitos de internação – aqueles destinados a quem precisa permanecer num hospital por mais de 24 horas – deixam de atender pacientes pelo SUS.

Só nos últimos dois anos, mais de oito mil unidades desta natureza foram desativadas, segundo informações do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), do Ministério da Saúde.

Outra constatação feita pelo Conselho a partir dos números oficiais é que enquanto os 160 milhões de brasileiros que dependem exclusivamente do SUS perderam 10% dos leitos públicos desde 2010 (34,2 mil), as redes suplementar e particular aumentaram em 9% (12 mil) o número de unidades no mesmo período.

Ceará perde 920 do SUS entre 2010 e 2018 (Foto: Reprodução)

'Não SUS'

Ao todo, 21 estados elevaram o montante de leitos na rede "não SUS" – destinada aos que possuem planos de saúde ou conseguem pagar por uma internação com recursos próprios – até maio de 2018, segundo os dados oficiais.

No Ceará, o aumento de leitos "não SUS" foi de 14,6%, em no período: passou de 3.793 em 2010 para 4.346 em 2018. Apenas Rio de Janeiro (-1.172) e Maranhão (- 459) sofreram decréscimos significativos neste segmento.

Entre as capitais, Fortaleza apresentou um acréscimo de 751 leitos "não SUS", no período: de 2.442 para 3.193, o que representa crescimento de 30,7%. Apenas duas capitais apresentaram quedas expressivas: Rio de Janeiro (-1.598), São Luís (-97).

Fortaleza perdeu 904 leitos do SUS entre 2010 e 2018 (Foto: Reprodução)

Gastos

Dados mais recentes da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que, em 2015, apenas 42,8% do gasto total em saúde no Brasil teve a participação direta do Estado (União, estados e municípios).

No Reino Unido e Canadá – países costumeiramente citados como referências para as políticas de saúde do SUS –, as despesas públicas representam, respectivamente, 80,4% e 73,5% do orçamento total destinado à saúde.

Além disso, embora a OMS e a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) não recomendem ou estabeleçam taxas ideais de leitos por habitante, o Brasil também aparece com um dos piores indicadores quando comparado a outros países com sistemas universais.

De acordo com o relatório de Estatísticas de Saúde Mundiais da OMS de 2014 – último dado disponível sobre leitos hospitalares –, o Brasil possuía 23 leitos hospitalares (públicos e privados) para cada grupo de dez mil habitantes.

A taxa era equivalente à média das Américas, mas inferior à média mundial (27) ou às taxas do Reino Unido (29), Argentina (47), Espanha (31) ou França (64).

FONTE:G1/CE

Tarifa de luz deve subir 5,2% com projeto que inclui isenção à baixa renda e compensação de ‘gatos’

A aprovação, na Câmara dos Deputados, do projeto de lei que destrava a venda das distribuidoras da Eletrobras do Norte e Nordeste vai pesar no bolso dos brasileiros. O impacto será de R$ 7,55 bilhões por ano, o que representará aumento médio de 5,2% nas tarifas de energia, incluindo residências e empresas. A estimativa é da Abrace, que reúne grandes consumidores industriais e consumidores livres de energia.
O cálculo contempla penduricalhos incluídos de última hora no projeto, como a isenção do pagamento de conta de luz para famílias de baixa renda com consumo de até 70 kilowatts-hora (kWh) e a autorização para que duas distribuidoras que atuam na Região Norte repassem seus custos com “gatos” aos consumidores. O projeto ainda precisa ser aprovado no Senado e ser sancionado pelo presidente da República antes de entrar em vigor.
– O projeto de lei era para facilitar a privatização das distribuidoras. Mas algumas emendas, como a da tarifa social e a questão das perdas de energia (gatos), ajudam a piorar o que já está muito ruim. Está se fazendo um canibalismo do setor elétrico, e o consumidor final é sempre quem paga a conta — afirmou Edvaldo Santana, presidente da Abrace e ex-diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
Atualmente, a tarifa social funciona com um sistema de descontos. O consumidor de baixa renda tem redução de 65% no valor correspondente ao consumo registrado de até 30 kWh/mês; de 40% na faixa de 31 kWh até 100 kWh/mês; e de 10% na faixa de 101 kWh até 220 kWh/mês. Para ter direito ao benefício, a família precisa estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do governo, com renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional; ou receber o Benefício de Prestação Continuada (BPC).
O custo dessa gratuidade é bancado pela Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). Trata-se de um fundo setorial que tem como objetivo custear as políticas públicas do setor elétrico, bancados pelas contas de luz. O projeto de lei aprovado na terça-feira concedeu isenção do pagamento de tarifa às famílias com um limite maior para o consumo, fixado em 70 kWh mensais.
Segundo a Aneel, o atual pagamento da CDE para custear a tarifa social subirá de R$ 2,28 bilhões por ano para R$ 3,02 bilhões por ano, caso o projeto de lei seja aprovado no Senado e sancionado pela Presidência. Essa diferença de R$ 742 milhões terá um impacto de 0,5% nas contas de luz, diz a agência. O cálculo coincide com o que foi feito pela Abrace, que estima impacto de R$ 750 milhões por ano sobre as tarifas.
No Twitter, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, disse que a aprovação do projeto “é uma vitória para a sociedade” e que a mudança no cálculo da tarifa social beneficiará nove milhões de famílias com renda mensal de até meio salário mínimo. Mas a emenda foi criticada por especialistas do setor.
– Isso é muito perverso, porque vai estimular o aumento do consumo pelas pessoas que serão beneficiadas pelo programa. Atualmente, a média do consumo de energia de baixa renda já é da ordem de 125 kWh/mês. Por isso, somos contra o subsídio — destacou Santana.
Outro ponto aprovado pela Câmara que vai aumentar as tarifas para todos os consumidores é a emenda que libera a Eletroacre e a Ceron (Rondônia), que operam em sistemas isolados, de repassarem a seus clientes o custo com as perdas de energia (gatos) acumulados desde 2009. Segundo Santana, isso significa que o valor dessas perdas será integralmente bancado por todos os consumidores do país. A Abrace estima que a medida vai ter impacto de ao menos 0,7% nas tarifas de energia dos consumidores, representando um custo anual de mais R$ 800 milhões.

Fonte: Jornal O Globo

Juiz absolve Lula e outros acusados em caso de obstrução de Justiça

A Justiça Federal absolveu quinta-feira (12) o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-senador Delcídio Amaral, o banqueiro André Esteves e outros acusados no processo que apura a suposta tentativa do ex-presidente de obstruir o andamento da Operação Lava Jato.
Ao julgar o caso, o juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, entendeu que não há provas suficientes para condenar os acusados. Em setembro do ano passado, o Ministério Público Federal (MPF) também havia pedido a absolvição de Lula e de outros acusados.
De acordo com a acusação, Lula teria feito esforços no sentido de impedir que o ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró firmasse acordo de delação premiada com a força-tarefa da Operação Lava Jato. A suposta tentativa teria contado com ajuda do pecuarista José Carlos Bumlai, o banqueiro André Esteves, o ex-senador Delcídio do Amaral e mais três pessoas, todos acusados pelo Ministério Público Federal (MPF), que depois retificou a denúncia, de oferecer dinheiro em troca do silêncio de Cerveró. 
Ao decidir o caso, o Juiz Ricardo Leite entendeu que a investigação não conseguiu reconstruir a realidade fática da acusação. "Há inúmeras possibilidades e circunstâncias do que realmente ocorreu, incluindo a possibilidade real de que os pagamentos foram solicitados por Bernardo e Cerveró de forma premeditada. Há, então, clara a intenção de preparar o flagrante para depois oferecer provas ao Ministério Público", entendeu o juiz.

Prisão

O caso começou em 2015, quando a Procuradoria-Geral da República (PGR) usou depoimentos da delação premiada do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró e do filho dele, Bernardo Cerveró, para pedir a prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS); de André Esteves, dono do Banco BTG Pactual; do ex-advogado de Cerveró Edson Ribeiro; e do chefe de gabinete do senador, Diogo Ferreira. Todos os acusados que foram absolvidos hoje.
Em um trecho do processo, a PGR afirmou que Delcídio ofereceu dinheiro para evitar a citação de seu nome nas investigações. “O senador Delcídio Amaral ofereceu a Bernardo Cerveró auxílio financeiro, no importe mínimo de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) mensais, destinado à família de Nestor Cerveró, bem como prometeu intercessão política junto ao Poder Judiciário em favor de sua liberdade, para que ele não entabulasse acordo de colaboração premiada com o Ministério Público Federal”, disse a PGR.

Defesa

Em nota, o advogado Cristiano Zanin, que faz parte da defesa do ex-presidente Lula, disse que o juiz de Brasília acertou ao não dar validade ao depoimento de delatores sem a apresentação de provas.
“A sentença absolutória proferida em favor de Lula nesta data evidencia ainda mais o caráter ilegítimo das decisões que o condenaram no caso do tríplex. Enquanto o juiz de Brasília, de forma imparcial, negou valor probatório à delação premiada de Delcídio do Amaral por ausência de elementos de corroboração, o juiz de Curitiba deu valor absoluto ao depoimento de um corréu e delator informal para condenar Lula”, afirmou.

FONTE:G1

Viatura da Polícia Militar sofre acidente em Santa Quitéria

Uma viatura da Polícia Militar sofreu um acidente na manhã desta quinta-feira (12), no bairro Piracicaba, na cidade de Santa Quitéria. Segundo informações, o condutor do Jeep Renegade Urbano teria perdido o controle do veículo durante uma perseguição policial. Nenhum dos policiais que estavam na viatura se feriu com gravidade.

FONTE:A VOZ DE SANTA QUITÉRIA

Trabalhadores do transporte intermunicipal mantêm paralisação e atrasam viagens no Ceará

Trabalhadores do transporte intermunicipal de passageiros permanecem com as atividades paralisadas pelo sexto dia seguido nesta quinta-feira (12). Os motoristas que aderiram ao movimento não seguiram viagem e permaneceram com os veículos estacionados no Terminal Rodoviário Engenheiro João Thomé, em Fortaleza.
Com isso, os passageiros tiveram as viagens para outros municípios atrasadas. Cerca de 70% da frota de veículos permaneceu em operação nesta quinta.
De acordo com os motoristas, entre os motivos da paralisação está a negativa da empresa concessionária de aumentar o valor do vale-alimentação e a decisão da empresa de diminuir a jornada de trabalho o que, segundo eles, vai cortar os salários pela metade.
Representantes dos sindicatos dos trabalhadores e das empresas de ônibus informaram que irão se reunir na tarde desta quinta-feira para realizar uma nova negociação. A previsão é que a reunião tenha início às 15h, com a presença do Ministério Público do Ceará.

Fonte: G1 Ceará

Santa Quitéria (CE): Morre o delegado que assumiria nesta semana, a Delegacia do município

Faleceu na madrugada desta quarta-feira (11), vítima de problemas renais, o delegado Mairton Laurindo de Lima. 
Mairton, natural de Beberibe, em sua breve trajetória, passou no concurso para a Polícia Militar, formou-se como bacharel em Direito, assumiu como técnico ministerial do Ministério Público e em junho passado, tomou posse como Delegado de Polícia Civil. 
Laurindo assumiria nesta semana, o comando da Delegacia de Polícia Civil de Santa Quitéria no lugar de Victor Muniz, no entanto, acometido de insuficiência renal aguda, o seu estado de saúde se agravou, vindo a falecer. 

Fonte: A Voz de Santa Quitéria